Análise da segurança do paciente em ambienes de saúde

Kisna Yasmin Andrade Alves, Theo Duarte da Costa, Yole Matias Silveira de Assis, Andréa Tayse de Lima Gomes, Viviane Euzébia Pereira Santos

Texto completo:

HTML

Resumen

Introdução: a segurança do paciente é uma prioridade da Organização Mundial da Saúde e corresponde à redução, a um mínimo aceitável, dos riscos de danos decorrentes ao cuidado. Para tanto, são essenciais as ações, produtos e estratégias que atuem nessa perspectiva. Dessa forma, é pertinente a construção e socialização de iniciativas que abordem os processos de avaliação da segurança do paciente nos ambientes de saúde, uma vez que essas iniciativas aprimoram a criticidade e fortalecem a cultura de segurança.

Objetivo: analisar ambientes de saúde quanto ao nível de segurança do paciente.

Métodos: estudo descritivo, exploratório e de abordagem mista, com uma amostra intencional de dez participantes de um grupo de pesquisa. A coleta ocorreu mediante análise de dez fotografias de ambientes de saúde através do formulário eletrônico do aplicativo Google Docs. A análise dos dados desenvolveu-se a partir das ferramentas estatísticas desse aplicativo. Resultados: dos dez ambientes de saúde, oito foram considerados muito seguro, pois se constatou: a identificação do paciente; a ênfase à prática da higienização das mãos; a instalação de acessos venosos conforme técnica asséptica; a adoção de medidas preventivas para a infecção cruzada; a organização dos medicamentos e ambiente; os registros no prontuário do paciente; e a oferta de recursos estruturais adequados.

Conclusões: os ambientes de saúde, majoritariamente, foram considerados seguros para o paciente, contemplando elementos relacionados aos recursos humanos, materiais, físicos e atitudes dos profissionais.

Palavras chaves: segurança do paciente; serviços de saúde; pesquisa em enfermagem.

 

Palabras clave

Segurança do Paciente; Serviços de Saúde; Pesquisa em Enfermagem.

Referencias

Vicent C. Segurança do Paciente. São Caetano do Sul: Yendis; 2009.

Organização Mundial de Saúde. Hacia una atención hospitalaria más segura. Genebra; 2010 [acesso 26 Maio 2015]. Disponível em: http://www.who.int/patientsafety/research/ibeas_report_es.pdf

Ministério da Saúde (BR). Proqualis. Estatísticas de Eventos Adversos pelo mundo. Ministério da Saúde; [s.d] [acesso 26 Maio 2015]. Disponível em: http://proqualis.net/estat%C3%ADsticas-de-eventos-adversos-pelo-mundo.

Ministério da Saúde (BR). Portaria nº 529, de 1º de abril de 2013. Institui o Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP). Ministério da Saúde; 2013 [acesso 23 Maio 2015]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2013/prt0529_01_04_2013.html

Sousa P, Mendes W (Orgs). Segurança do Paciente: conhecendo os riscos nas organizações de saúde. Rio de Janeiro: EAD/ENSP; 2014.

Manual de Legislação ATLAS. Segurança e medicina do trabalho. 74 ed. São Paulo: Editora Atlas; 2014.

Donabedian A. The Quality of Medical Care: A concept in search of a definition. The Journal of Family Practice. 1979; 9(2):277-284.

Donabedian A. Basic approaches to assessment: structure, process and outcome. In: Donabedian A. Explorations in Quality Assessment and Monitoring. Ann Arbor/Michigan, EUA: Health Adiministration Press; 1980; p. 77-125.

Gil R, Camelo SH, Laus AM. Atividades do enfermeiro de Centro de Material e Esterilização em instituições hospitalares. Texto & contexto enferm. 2013; 22 (4): 927-34.

Marck PB, Keehan L, Morgan Eckley W, Verluys R. The development of a digital phtography scoring tool. [s.d] [acesso 23 Maio 2015]. Disponível em: http://www.nurs.ualberta.ca/safersystems/projects.htm

Pereira CDFD. Segurança do paciente no sistema de medicação: análise de enfermeiros de um hospital de ensino [dissertação]. Natal (RN): Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Universidade Federal do Rio Grande do Norte; 2013.

Conselho Federal de Enfermagem. Pesquisa inédita traça perfil da enfermagem. Conselho Federal de Enfermagem; 2015 [acesso 23 Maio 2015]. Disponível em: http://www.cofen.gov.br/pesquisa-inedita-traca-perfil-da-enfermagem_31258.html

Ministério da Saúde (BR). Documento de referência para o Programa Nacional de Segurança do Paciente. Brasília: Ministério da Saúde; 2014.

Padilha EF. Auditoria como ferramenta para a qualidade do cuidado de enfermagem em unidade de terapia intensiva de um hospital universitário [dissertação]. Maringá (PR): Departamento de Enfermagem de Enfermagem, Universidade Estadual de Maringá; 2010.

Direção Geral de Saúde. Precauções Básicas do Controlo da Infeção (PBCI). Direção Geral de Saúde; [s.d] [acesso 23 Maio 2015]. Disponível em: https://www.dgs.pt/directrizes-da-dgs/normas-e-circulares-normativas/norma-n-0292012-de-28122012.aspx.

Estado de Santa Catarina. Manual de Normas e Rotinas do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar. Estado de Santa Catarina; 2012 [acesso 23 Maio 2015]. Disponível em: http://www.saude.sc.gov.br/hijg/servicos/MANUALROTINAS2012.pdf

Centre for Health Protection. Recommendations on Prevention of Intravascular Catheter Associated Bloodstream Infection. Hong Kong; 2010 [acesso 26 Ago 2014]. Disponível em: http://www.chp.gov.hk/files/pdf/recommendations_on_prevention_of_intravascular_catheter_associated_bloodstream_infection_r.pdf

Lobão WM. Construção, validação e normatização da escala de predisposição à ocorrência de eventos adversos (EPEA) [dissertação]. Salvador (BA): Escola de Enfermagem, Universidade Federal da Bahia; 2012.

Ministério da Saúde (BR). Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Anexo 03: Protocolo de segurança na prescrição, uso e administração de medicamentos. Brasília; 2013 [acesso 26 Ago 2014]. Disponível em: http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/seguran_medica.pdf

Rede Brasileira de Enfermagem e Segurança do Paciente. Estratégias para a segurança do paciente: manual para profissionais da saúde. Porto Alegre: EDIPUCRS; 2013.

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.




Copyright (c) 2017 Kisna Yasmin Andrade Alves, Theo Duarte da Costa, Yole Matias Silveira de Assis, Andréa Tayse de Lima Gomes, Viviane Euzébia Pereira Santos

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial-CompartirIgual 4.0 Internacional.