Intervenções de Enfermagem voltadas para o Autocuidado de pacientes com Insuficiência Cardíaca

Larissa Bertacchini de Oliveira, Heloisa Ribeiro do Nascimento, Fábio da Costa Carbogim, Vilanice Alves de Araújo Püschel

Texto completo:

HTML

Resumen

Introdução: a insuficiência cardíaca constitui um importante problema de saúde pública com elevada incidência e taxas de mortalidade, sendo uma síndrome clínica complexa que envolve ações específicas de autocuidado.
Objetivo: de identificar as intervenções de enfermagem voltadas para o autocuidado de pacientes com insuficiência cardíaca.
Métodos: revisão integrativa da literatura. Foram selecionados artigos disponíveis na íntegra, nas bases de dados CINAHL, MEDLINE e LILACS, em português, inglês e espanhol, cuja metodologia adotada permitiu obter níveis de evidências fortes. A amostra final constituiu-se de 10 artigos.
Resultados: apontaram quatro categorias de intervenções: utilização de contato telefônico e outras tecnologias; intervenção ambulatorial em grupo ou individual, realizada por enfermeiro ou equipe multiprofissional; visita domiciliar e intervenção hospitalar com seguimento pós-alta.
Conclusões: As intervenções com uso de tecnologias são mais frequentes e apresentam resultados positivos sobre o autocuidado. No entanto, não há evidências sobre desfechos clínicos e resultados em longo prazo. Intervenções iniciadas no hospital são fortemente recomendadas, independente do tipo de seguimento.

Palabras clave

Enfermagem, Insuficiência Cardíaca; Autocuidado;Paciente;

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.




Copyright (c) 2015 Larissa Bertacchini de Oliveira, Heloisa Ribeiro do Nascimento, Fábio da Costa Carbogim, Vilanice Alves de Araújo Püschel

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial-CompartirIgual 4.0 Internacional.