Atuação do profissional de saúde junto à família com HIV/aids

Társilla Sales Amorim Lemos Tarsilla, Eliane Ramos Pereira Eliane, Daniela Chaves da Costa Daniela, Rose Mary Costa Rosa Andrade Silva Rose, Marcos Andrade Silva Marcos, Denize Cristina de Oliveira Denize

Texto completo:

HTML

Resumen

Introdução: Mediante a complexidade inerente a AIDS é importante que o cuidado dos profissionais de saúde seja estendido aos familiares das pessoas vivendo com HIV/aids, visto que, são esses os principais cuidadores dos pacientes em questão. Objetivo: analisar as perspectivas do cuidado de profissionais de saúde junto à família do portador de HIV/aids no contexto atual da epidemia. Metodologia: Estudo descritivo qualitativo com respaldo na teoria das representações sociais. Foi utilizada a entrevista semi-estruturada para coleta de dados com 28 profissionais de saúde, em sete ambulatórios de atendimento à pessoa com HIV/aids. Resultados: A partir da análise de conteúdo emergiram tais categorias: A família com HIV/aids; desafios no cuacuidado à família da pessoa vivendo com HIV/aids; estratégias de atuação junto à família com HIV/aids. Conclusão: A partir do estudo realizado nota-se a importância do cuidado do profissional de saúde tanto à pessoa vivendo com HIV/aids quanto a sua família, emergindo dessa forma a necessidade destes profissionais estarem preparado para tal atuação.

Palabras clave

Relações Profissional-Família; Assistência à Saúde; Pessoal de Saúde; Síndrome da Imunodeficiência Humana.

Referencias

Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de DST, Aids e Hepatites virais. Brasília; 2014.

Villarinho MV, et al. Políticas públicas de saúde face à epidemia da AIDS e a assistência às pessoas com a doença. Rev Bras Enferm, Brasília 2013 mar-abr; 66(2): 271-7.

Sousa CSO, Silva AL. O cuidado a pessoas com HIV/aids na perspectiva de profissionais de saúde. Rev Esc Enferm USP 2013; 47(4):907-14.

Schaurich D, Freitas HMB. O referencial de vulnerabilidade ao HIV/AIDS aplicado às famílias: um exercício reflexivo. Rev Esc Enferm USP 2011; 45(4):989-95.

Villarinho MV, Padilha MI. Percepção da AIDS pelos profissionais da saúde que vivenciaram a epidemia durante o cuidado prestado às pessoas com a doença, em Florianópolis (SC), Brasil (1986-2006). Ciência & Saúde Coletiva, 19(6):1951-1960, 2014.

Jodelet D. O movimento de retorno ao sujeito e a abordagem das representações sociais. Sociedade e Estado, Brasília, v. 24, n. 3, p. 679-712, set./dez. 2009.

Luz PM, Miranda KCL. As bases filosóficas e históricas do cuidado e a convocação de parceiros sexuais em HIV/aids como forma de cuidar. Ciência & Saúde Coletiva, 15(Supl. 1):1143-1148, 2010.

Silva JMB, Nóbrega VKM, Enders BC, Miranda FAN. O cuidado da equipe multiprofissional ao portador de HIV/AIDS. Revista Baiana de Enfermagem, Salvador, v. 25, n. 2, p. 195-202, maio/ago. 2011.

Neves AS, Reis RK, GIR, E. Adesão ao tratamento por indivíduos com a coinfecção HIV. Rev Esc Enferm USP 2010; 44(4):1135-41.

- Silva, JB, Cardoso GCP, Netto AR, Kritski AL. Os significados da comorbidade para os pacientes vivendo com TB/HIV: repercussões no tratamento. Physis Revista de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, 25 [ 1 ]: 209-229, 2015.

- Martins SS, Martins TSS. Adesão ao tratamentoantirretroviral: vivências de escolares. Texto Contexto Enferm, Florianópolis, 2011 Jan-Mar; 20(1): 111-8.

- O’Malley G, Perdue T, Petracca F. A framework for outcome-level evaluation of in service training of health care workers. Human Resources for Health, 2013.

- Salles CMB, Ferreira EAP, Seidl EMF. Adesão ao tratamento por cuidadores de criançase adolescentes soropositivos para o HIV. Psic.: Teor. e Pesq., Brasília, Out-Dez 2011, Vol. 27 n. 4, pp. 499-506

- Lemos LA, Fiuza MLT, Galvão MTG. Cotidiano feminino da vivência com o HIV em grupo de autoajuda. Rev Rene, Fortaleza, 2011 jul/set; 12(3):613-20.

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.




Copyright (c) 2016 Revista Cubana de Enfermería

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial-CompartirIgual 4.0 Internacional.