Tratamiento multidisciplinario para los adultos obesos grado III: una revisión Integrativa

Ian Rigon Nicolau, Fátima Helena Espírito Santo, Carla Lube Chibante

Texto completo:

HTML

Resumen

Introdução: as doenças e agravos não transmissíveis vêm aumentando e, no Brasil, são as principais causas de óbitos em adultos, sendo a obesidade um dos fatores de maior risco para o adoecimento neste grupo.

Objetivo: identificar as evidências disponíveis na literatura sobre o tratamento multiprofissional para adultos obesos grau III e a inserção da enfermagem nesse contexto.

Métodos: a coleta de dados foi realizada nas bases de dados LILACS, IBECS, MEDLINE e BDENF nos anos de 2004 a 2014 em inglês, português, espanhol e francês. Foram encontradas 385 publicações, das quais 9 atenderam aos critérios de seleção.

Resultados: foi possível identificar como é realizado o tratamento para obesos grau III e a importância de uma equipe multiprofissional para o sucesso do mesmo. A prevalência dos artigos encontrados faz referência direta à assistência de enfermagem aos pacientes obesos em processo de pré, trans e pós-operatório, seja para cirurgia bariátrica, ou outros processos cirúrgicos.

Conclusões: o trabalho em equipe é essencial para auxiliar a minimizar os danos à saúde de pacientes obesos mórbidos e iniciar um processo de mudança de estilo de vida.

Palavras chave: obesidade mórbida; enfermagem; cuidados de enfermagem; avaliação em enfermagem.

Palabras clave

obesidad mórbida; enfermería; atención de enfermería; evaluación em enfermería.

Referencias

World Health Organization (WHO). Report of a WHO consultation on obesity. In: Obesity: preventing and managing the global epidemic. [acesso em 15 mai 2015]. Disponível: http://apps.who.int/bookorders/anglais/detart1.jsp?sesslan=1&codlan=1&codcol=10&codcch=894

Santos JP, Souza MCBM, Oliveira NF. Criança obesa, adulto hipertenso? Rev Eletr Enf [Internet] 2011;13(1):70-7 [acesso em 25 mai 2015]. Disponível: http://dx.doi.org/10.5216/ree.v13i1.6346

Marie NQ et al. Global, regional, and national prevalence of overweight and obesity in children and adults during 1980–2013: a systematic analysis for the Global Burden of Disease Study 2013. Lancet [Internet] 2014;384(9945):766–81 [acesso em 25 mai 2015]. Disponível: http://dx.doi.org/10.1016/S0140-6736(14)60460-8

Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Política Nacional de Alimentação e Nutrição / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. 1. ed. Brasília: Ministério da Saúde; 2013.

Schmidt MI et al. Chronic non-communicable diseases in Brazil: burden and current challenges. Lancet [Internet] 2011;377(9781):1949-61 [acesso em 10 mai 2014]. Disponível: http://dx.doi.org/10.1016/S0140-6736(11)60135-9

Junior Garrido AB. Cirurgia em obesos mórbidos: experiência pessoal. Arq Bras Endocrinol Metab [Internet] 2000;44(1):106-10 [acesso em 14 mar 2015]. Disponível: http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27302000000100017

Harrington L. Postoperative care of patients undergoing bariatric surgery. Medsurg Nursing [Internet] 2006;15(6):357-63 [acesso em: 14 mar 2014]. Disponível: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/17305111

Faria FC, Bonito J. Excesso de peso e a obesidade infantil numa escola portuguesa. In: Silva GTR, Espósito VHC. Educação e Saúde: cenários de pesquisa e intervenção. São Paulo: Martinari; 2011. p. 135-48.

Lobato BC, Teixeira CRS, Zanetti GG, Zanetti ML, Oliveira MD. Evidências das implicações do diabetes mellitus no trabalho: uma revisão integrativa. Rev Eletr Enf [Internet] 2014;16(4):822-32 [acesso em 10 jul 2015]. Disponível: http://dx.doi.org/10.5216/ree.v16i4.22328

Mendes KDS, Silveira RCCP, Galvão CM. Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto contexto-enferm [Internet] 2008;17(4):758-64 [acesso em 14 mar 2015]. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-07072008000400018

Oliveira MS, Lima EFA, Marabotti CLF, Primo CC. Perfil do paciente obeso submetido à cirurgia bariátrica. Cogitare Enferm [Internet] 2013;18(1):90-4 [acesso em 23 mar 2015]. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v18i1.31312

Santos AA, Carvalho CC, Chaves ECL, Goyatá SLT. Qualidade de vida de pessoas com obesidade grau III: Um desafio comportamental. Rev Bras Clín Med. 2012;10(5):384-9.

Felix LG, Soares MJGO, Nobrega MML. Protocolo de assistência de enfermagem ao paciente em pré e pós-operatório de cirurgia bariátrica. Rev bras enferm [Internet] 2012;65(1):83-91 [acesso em 23 mar 2015]. Disponível: http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672012000100012

Tanaka DS, Peniche ACG. Assistência ao paciente obeso mórbido submetido à cirurgia bariátrica: dificuldades do enfermeiro. Acta paul enferm [Internet] 2009;22(5):618-23 [acesso em: 23 mar 2014]. Disponível: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21002009000500004

Bennicoff G. Perioperative Care of the Morbidly Obese Patient in the Lithotomy Position. AORN J. [Internet] 2010 [acesso em: 25 abr 2014];92(3):297-312. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1016/j.aorn.2010.04.016

Lorentz MN, Albergaria VF, Lima FAS. Anestesia para Obesidade Mórbida. Rev bras anestesiol [Internet] 2007;57(2):199-213 [acesso em 23 mar 2015]. Disponível: http://dx.doi.org/10.1590/S0034-70942007000200010

Rico Hernández MA, Sancho EM, Fuster MA, Gómez JD, Viñuela IC. Comparación a 5 años de dos técnicas de cirugía bariátrica en pacientes con obesidad mórbida seguidos en consulta enfermera. Nutr Hosp [Internet] 2009;24(6):667-75 [acesso em 23 mar 2015]. Disponível: http://scielo.isciii.es/scielo.php?pid=s0212-16112009000600006&script=sci_arttext

Moreira RAN, Barros LM, Rodrigues AB, Caetano JA. Diagnósticos, intervenções e resultados de enfermagem no pós-operatório de cirurgia bariátrica. Rev Rene [Internet] 2013;14(5):960-70 [acesso em 25 abr 2015]. Disponível: http://www.revistarene.ufc.br/revista/index.php/revista/article/view/1268

Santos AT, Panata CH, Schmitt J, Padilha MI, Amante LN. A história de pessoas com obesidade mórbida: uma experiência no sul do Brasil. Enfermagem em Foco [Internet] 2010 [acesso em 23 mar 2015];1(3):109-13. Disponível em: http://revista.portalcofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/view/38/38

Segal A, Fandiño J. Indicações e contra-indicações para realização das operações bariátricas. Rev Bras Psiquiatr [Internet] 2002 [acesso em 19 nov 2014];24(Supl3):68-72. Disponível: http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462002000700015

Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica. Consenso Bariátrico [acesso em 15 dez 2014]. Disponível em: http://www.sbcb.org.br/membros_consenso_bariatrico.php

Felix LG, Nobrega MML, Soares MJGO. Nursing process fundament in the nursing theory of Orem’s self-care to a patient submitted to bariatric surgery. Rev Enferm UFPE On Line [Internet] 2009 [acesso em: 10 nov 2014];3(4):26-34. Disponível: http://www.revista.ufpe.br/revistaenfermagem/index.php/revista/article/viewFile/89/pdf_944

Costa ACC, Ivo ML, Cantero WB, Tognini JRF. Obesidade em pacientes candidatos a cirurgia bariátrica. Acta paul enferm [Internet] 2009 [acesso em: 6 mai 2014];22(1):55-9. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21002009000100009

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.




Copyright (c) 2017 Revista Cubana de Enfermería

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial-CompartirIgual 4.0 Internacional.